terça-feira, dezembro 28

:: OUSADIA EM LIBERDADE: A VERDADE DE QUEM É



Fácil é ouvir a música que toca.Difícil é ouvir a sua consciência. Acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.Difícil é seguí-las. Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.Difícil é estar preparado para escutar esta resposta. Ou querer entender a resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.Difícil é entregar a alma. Sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.

Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.

Fácil é sonhar todas as noites.Difícil é lutar por um sonho.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.

Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.

Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto. Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.

Difícil é sentir a energia que é transmitida. Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.Difícil é amar completamente só. Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar. E aprender a dar valor somente a quem te ama.

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente sentimos.

Carlos Drummond de Andrade



Cada dia que passa percebo o quanto é difícil ser, quem de fato, somos. Sinto-me partida em duas; duas esferas que quase se cruzam, quase se encontram, quase SÃO e coexistem em uma. Dualidade em nós, ou em mim, ou em todos, talvez. Provável que nesse embate de "eus", o íntimo e pessoal se revelem, ainda que  camuflados nas entrelinhas, quase palavras ou possibilidades de ser. O primeiro passo é sempre o reconhecimento do choque, do contraditório e da completa incapacidade de controle ou dominação acerca de quem somos, posto que a liberdade é a verdadeira essência do ser, a despeito de conceitos, consciências, culpas e inquietações.




"Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar."
William Shakespeare

"Esta consciência, que faz de todos nós covardes."
William Shakespeare





"A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar."
Fernando Pessoa



Ser é tão mais difícil do que existir. O Ser não impõe limites a si e reconhece seu lugar na liberdade de quem É. Existir nada mais significa do que Ser em conforto; aprendizados revelados pela consciência de que somos, pensamos e agimos dominados pela razão que nos guia e acomoda o instinto que a ela não pertence. Confesso que  todos os dias deixo de ser quem realmente sou; me revelo nas palavras, quase ultrapasso a barreira nas atitudes, mas no fim, ainda me limito na consciência do pensar, a grande restrição do querer, agir, fazer e acontecer. "Tudo é ousado para quem nada se atreve". Admito que me atrevo, que ouso, mas confesso, ainda limito-me nas regras desse meu pensar que deveria agir, agir, agir para, enfim, SER quem sou.




"Penso noventa e nove vezes e nada descubro; deixo de pensar, mergulho em profundo silêncio - e eis que a verdade se me revela."
Albert Einstein

"Não sejas o de hoje.
Não suspires por ontens...
não queiras ser o de amanhã.
Faze-te sem limites no tempo.
Vê a tua vida em todas as origens.
Em todas as existências.
Em todas as mortes.
E sabes que serás assim para sempre.
Não queiras marcar a tua passagem.
Ela prossegue:
É a passagem que se continua.
É a tua eternidade.
És tu."
Cecília Meireles


Em certos momentos somos postos a pensar e refletir sobre um tudo, encarar o divã ocupado por um só doutor, que escolhe ser paciente de si. Tantas vezes deixamos de agir por medo camuflado na prudência do que somos. Eis o pior engano de todos. Atitude é a palavra de quem busca ser o que é, na irrefletida e transitória arte de viver. Desligue o botão do automático na passividade de quem acredita que o destino conduz nossos passos. Penso na importância dos braços firmes, dos pés incansáveis diante do mar revolto, ainda que a correnteza siga comandante e mestre do destemido nadador. Independente dos caminhos revelados pelo destino que nos cruza, surpreende e atenta, nossa ação em liberdade e vontade diante de cada porta aberta, fechada, trancada ou semi-aberta, é que transforma nosso ser, revoluciona nossos caminhos e surpreende os instintos acostumados a prevenir para não se ocupar em remediar. A vontade reprimida, o desejo ignorado, a ousadia em vias de só pensar, a face limpa de quem nunca levou um tapa enterram o destino, apagam qualquer sinal, perdem o trem da própria vida, e o nadador...ah..esse morreu antes de chegar na praia. Ele apenas existiu.



"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe." 
Oscar Wilde





"Um dos efeitos do medo é perturbar os sentidos e fazer que as coisas não pareçam o que são."
Miguel Cervantes


A leveza acompanha a felicidade, sua essência não transborda, tão somente preenche. Na liberdade de Ser quem somos, nenhuma ação é absoluta, eis o segredo e espaço que a felicidade realmente precisa. Caminhar, seguir, ousar, atravessar, cruzar, voltar atrás, prosseguir; qualquer ação que não nos deixe à margem de quem somos, na mediocridade daquele que SÓ deixa a vida o guiar, sem passos firmes diante dela. Cante "Deixo a vida me levar, vida leva eu....deixo a vida me levar, vida leva eu..." mas não deixe de pular, sambar e agir nesse mar em correntes que se chama destino. Observe os sinais para chegar vivo a praia. Só assim, prosseguiremos cantando "sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu."




"O resultado do pensamento não tem de ser o sentimento mas a atividade."
Vincent Van Gogh



"Não é digno de saborear o mel aquele que se afasta da colméia com medo das picadelas das abelhas."
William Shakespeare


Nada melhor do que um fim de ano para reavaliação de atos e pensamentos que transbordam em quem somos hoje. Revele suas vontades, utilize as palavras que em demasia engolimos por prudência, medo ou puro condicionamento de nosso instinto protetor enganado pela promessa de segurança e conforto da razão. Limite-se a ser quem você é e esqueça do resto. Aja com vontade, desejo e paixão nessa vida de rotinas, percalços, mesmices e condições. Decifre suas vontades, anseios, medos e fantasias; ouse, permita-se ousar para uma caminhada desbravadora, aventureira mas consciente na integridade de si, sem limitações ou desvios de pensar para depois agir. Evolua. Saia do mesmo lugar...TRANSFORME-SE, LIBERTE-SE.




"De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que ele estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro." 
Fernando Sabino

::Girly Stuffs.com::
  "Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida."

"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. "
Carlos Drummond de Andrade



























MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

14 comentários:

@katianako disse...

ADOREI, LINDO MESMO.

"A leveza acompanha a felicidade, sua essência não transborda, tão somente preenche. Na liberdade de Ser quem somos, nenhuma ação é absoluta, eis o segredo e espaço que a felicidade realmente precisa."

Raissa Kahn disse...

Amei seu post...e lendo Carlos Drummond de Andrade, refleti tb: "Fácil é ditar regras.Difícil é seguí-las. Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros."

Incrível e verdadeiro...
Bjo!

@RubiaKercher disse...

@RubiaKercher 9:32pm via Web

@_Vale_a_pena Muito bom!!

Marcos disse...

me surpreendi com o conteúdo incrível do seu blog! Espetacular. Vc é cheia de surpresas ;)
Beijos,

Manoella Sephin disse...

fala sério...vc arrebenta na escrita. demais....é um dom mesmo.

Joana Figueiredo Mendes disse...

Lindo demais o q vc escreveu...a música, tudo. Amei! PArabés...sou apaixonada por todas as suas crônicas, sem exceção.

Diogo Vasconcellos disse...

excepcional a leitura e a dinâmica do seu pensar. autora de qualidade rara...

Marcelo Chevana disse...

Suas crônicas mudam meu dia. Toda vez q as leio algo se transforma dentro de mim. quem sabe não evoluo aos passos seus?

Tarcisio Higg 29 de dezembro às 02:48 disse...

Tarcisio Higg 29 de dezembro às 02:48

Cada dia me impressiono mais com sua capacidade de expressão. Vc usa as palavras com uma facilidade invejável.O engraçado é q através do seu olhar diante da vida, enxergamos a nós próprios e isso esclarece.

João F. disse...

bravíssimo, bravíssimo...
que leitura espetacular! Palmas, palmas, palmas!!!!

Anônimo disse...

encantado... as citações parafraseadas, o conteúdo do texto..íntegro, íntimo...humano! A música escolhida...
"O amor tem essa história, se bate já quer entrar, se entra não quer sair...ngm sabe explicar"

@JosiCarlota disse...

@JosiCarlota 7:43am via Web

Oii td bem ??Adorei o blog ... parabéns =)

Isabella disse...

Rô,tenho q compartilhar c vc essa crítica positiva. Meu pai leu o que você escreveu e pediu para repassar as palavras de elogio a vc. Disse que ficou impressionado c a profundidade de seus textos e que você agora tem mais um fã que irá acompanhá-la. Ele leu outros textos seus tb e se encantou! Ficou boqueaberto com a qualidade da sua escrita. ;)
Parabéns mais uma vez! Vc merece cada elogio, são maravilhosos os textos, todos com uma singularidade genial.Beijossss!!

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny

Related Posts with Thumbnails