domingo, outubro 10

Pessoas insubstituíveis, momentos inesquecíveis e sentimentos inexplicáveis.

Acasos e destinos. Sentimentos e afinidades. Saudades e lembranças. Pensamentos e sintonias.



"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece, como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."
Clarice Lispector 


Toda vez que sonho ou penso demais numa grande amiga, irmã de alma e coração, algo acontece. Sempre tivemos essa sintonia. O telefone toca, alguma notícia chega e sempre que precisamos uma da outra, mesmo sem saber, estamos perto. Desde a infância nos conhecemos, mas só nos tornamos amigas em nossa pré adolescência, amigas inseparáveis. Éramos vizinhas de andar e seu quarto ficava exatamente em cima do meu. 

Compartilhávamos tudo, querendo ou não ( nem sempre ela queria ouvir as músicas em volume máximo do Bon Jovi,rsss). Juntas, já tivemos nossas "férias perfeitas" do tipo "Sonho de Verão" das Paquitas, já compartilhamos momentos extremamente tristes, engraçados, entediados, apaixonados, leves, preocupantes e felizes. Independente do tempo que voa sem nosso consentimento, da distância que dificulta nosso contato direto, carrego sua amizade em meu coração, minha alma. Ela é uma das únicas pessoas que realmente conhece minhas entrelinhas, meus suspiros, minhas falas ocultas e meus olhares. Quando sinto-me  perdida, seu olhar consegue ao menos refletir em mim quem eu era ou quem realmente sou. Como um resgate. 

Nossas características nos complementam. Sempre foi assim. Não tenho a menor dúvida de que nossas promessas de "aborrecentes" cumprirão suas intenções. Arrumaremos os vestidos de noiva uma da outra, levaremos nossos filhos para brincar na praça ou cyber praça e definitivamente envelheceremos tricotando juntas, mesmo que virtualmente, via skype do futuro. O tempo e a distância não são mais variáveis de nossa amizade, já que o que nos une é atemporal e indissolúvel. 


Só de escrever sobre ela e sua importância em minha vida, meus olhos se enchem de lágrimas (ridículo porque a chorona sempre foi ela e não eu!). Leila, minha Si, é alguém insubstituível em minha vida. É minha família escolhida, o amor mais puro e desinteressado, um porto seguro e o "barbante RL" mais forte que já exisitiu. Uma faz parte da outra e isso é ponto pacífico. De fato, uma das pessoas insubstituíveis em minha vida, com embasamento em cada "sentir", em cada emoção e em cada momento inesquecível.

Agora preciso de tua mão, 
não para que eu não tenha medo, 
mas para que tu não tenhas medo. 
Sei que acreditar em tudo isso será, 
no começo, a tua grande solidão. 
Mas chegará o instante em que me darás a mão, 
não mais por solidão, mas como eu agora: 
Por amor.

Clarice Lispector

Mas e quando o "insubstituível" é completamente inexplicável, ilógico e inesquecível? Acaso ou destino. Sempre busquei ser dona de minha própria história. Meu maior medo era ficar à margem de mim mesma, ser coadjuvante de meu filme. Em razão disso, minha maior travessia, até agora, foi encontrar minha essência, descobrir meu "eu".  Penso, logo existo; é meu lema. 


O que eu sinto eu não ajo.
O que ajo não penso.
O que penso não sinto.
Do que sei sou ignorante.
Do que sinto não ignoro.
Não me entendo e ajo como se entendesse.

Clarice Lispector


Mas algumas vezes, o pensar, a objetividade e a razão não nos fazem encontrar as verdades que ansiamos revelar. Daí surge o conflito da emoção e da razão, do real e ilusão, do sentir e do querer, da lógica e do instintivo. 


Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.
Clarice Lispector


Momentos racionalmente bobos, tornam-se inesquecíveis por alguma razão. Pessoas que passam por nós, a princípio sem grandes pretensões, permanecem, mesmo "longe" de estar perto como no princípio e; pessoas que se fazem presentes a todo instante, sem querer, não conseguem encontrar o "longe" tão perto que outras alcançam. Algumas, passam a vida sem conhecer o íntimo do outro, seja parente, amigo, companheiro ou amante. Outras, em segundos, te revelam por inteiro, mesmo que o "óbvio" não passe perto de sua personalidade. Quando somos um calabouço de pensar, um cofre bem protegido de sentimentos e um labirinto de "querer", não prevemos a entrada de alguém que decodifique tudo isso em nós mesmos. E, quando, e se, acontece, sempre aliado ao acaso e ao imprevisto, mais do que surpresos e confusos, nos deparamos com nosso espelho refletido no olhar de quem nos despiu por completo. Não adianta tentar fugir, pois que muito antes de perceber tal invasão, todo arcabouço lógico e objetivo já fora mergulhado no incômodo, fascinação, dependência e apego do estranho em si mesmo. 

Impossível encontrar respostas. O resultado da busca será o encontro de mais e mais dúvidas e enigmas indecifráveis racionalmente. E quem disse que a resposta encontra-se na razão? Mas para os lógicos objetivos, a emoção não valida o pensar, daí surge o eterno conflito. Se não existe "razão lógica" para amar, por que se ama? Se não existe motivo real para "querer", por que queremos tanto? Se não existe vínculo para "ligar", por que se faz tão presente e constante? Às vezes o "pensar" é a maior prisão do homem na loucura da verdade objetiva.


Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil.
Clarice Lispector


As barreiras reais são invisíveis para o universo paralelo do sentir, bem longe do mundo ilusório do pensar, que, por pensar tanto, esquece de sentir o óbvio. Pensamento ao cubo, sem cuidado, leva à ignorância.  Validação no complemento sempre negado pelo íntimo lógico que nega a essência da vontade de pensar, de agir, de fazer, qual seja, o querer, o sentir, o ser associado ao humano. SER HUMANO.

Besteira "querer" esquecer. Idiotice tentar negar e extremamente dolorido "aceitar", quando a verdade e a resposta não nos conforta como deveria. Deixar o tempo passar alivia aos poucos e muito lentamente, mas, esteja certo, não apaga o que é verdadeiro. O "engasgo" sempre estará lá. A ausência de tão "sentida" se fará presente a todo instante. O querer, que se quer tanto, gritará menos, no íntimo do labirinto que só buscará saídas para escapar. A sinestesia será aliada da saudade e companheira da lembrança. Mas esta, maldita figura de linguagem, será o álcool sobre a ferida, quando uma música tocar (sim, aquela mesma), um jeito de se falar, a maneira de se vestir ou qualquer correspondência ativa do objeto da inquietude, invadir seu mundo de pensar, pensar em entender o neologismo do inentendível.


"O que me mata é o cotidiano. Eu queria só exceções."

Mas lembrar-se com saudade é como se despedir de novo.
Clarice Lispector


Aceitar e conviver, sem deixar de viver. Fácil de escrever, nem terminarei o resto, já que, como dizem os sábios ignorantes " o resto é resto". Que assim o seja.


Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada.
Clarice Lispector


A realidade é o presente que nos convida para o futuro, que também se faz, agora. Covardia não tentar, não falar, não sentir ou evitar. Só o tempo constrói ou destrói o que vai além do homem, sua propriedade sem o atributo da posse, qual seja, o sentir. "Já que se há de escrever, que pelo menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas."

Evitar dizer que se ama quando se ama, fugir de quem se quer, quando se quer tanto, afastar-se de quem lhe inquieta, por medo de mudar, por princípios lógicos de condições futuras não tangíveis como todo o mundo do "amanhã", é fincar o pé no chão da mediocridade de viver sem ousar, caminhar numa esteira do tempo, mediocrizar o instinto tão humano de cada ser, é evitar a ponderação. Evitar progredir é a estabilidade do idiota. Crescimento e progresso se fazem com erros, acertos, vivências, sentimentos e razões. Tudo além da fórmula pensante que aprisiona o sábio homem burro.


Por te falar eu te assustarei e te perderei? Mas se eu não falar eu me perderei, e por me perder eu te perderia
Clarice Lispector


Não tentar, fingir superar, não render-se, entender só para si, não impedirá a caminhada. O livre arbítrio, nossa tábula rasa, o "unwritten", a suprema decisão de cada individualidade, graças a existência do paralelo chamado "escolhas", nos levam para outros caminhos de tantas outras perspectivas. 


O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós.
Clarice Lispector


Posso estar errada, mas o melhor caminho, é aquele que trilha para o encontro de suas vontades, instintos, consciência e razão. Estas faculdades, atributos, deveriam ser a  "razão" da luta de cada homem em busca do que é verdadeiramente seu:  O ENCONTRO DO VIVER EM SI, NA PERFEITA IMPERFEIÇÃO DA HARMONIA DOS ACERTOS COMETIDOS PELOS ERROS FELIZES DE NOSSA CAMINHADA. AS PEDRAS QUE CONSTROEM UM CASTELO E ABRIGAM O "EU" SEM REFÚJIOS OU ATALHOS.


Passei a minha vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar. Ao tentar corrigir um erro, eu cometia outro. Sou uma culpada inocente.
Clarice Lispector

Abandone-se, tente tudo suavemente, não se esforce por conseguir - esqueça completamente o que aconteceu e tudo voltará com naturalidade
Clarice Lispector



.:. Girly Stuffs.com .:. 
"E assim como a primavera, eu me deixei cortar para vir mais forte..."










24 comentários:

Jane Rosa disse...

INDESCRITÍVEL...

Fabiola Samaro disse...

que dom...

mari disse...

não conheço a autora, mas com certeza tem muita entrelinha a ser descoberta... Muito muito muito muito bom e especial;

Daniel A. Rascollo disse...

Rô,

Você se supera. Que texto incrivelmente bem elaborado, inteligente, meigo e encantador, como vc. Com toda sinceridade: que orgulho!

Beijos sumida!

Délia disse...

o que fazer qdo nos deparamos c algo inquietante antes de dormir e que nos faz perder o sono?! rsss
Minha cabeça está fervilhando em pensamentos.

Meus parabéns autora.

Luciana Oliveira disse...

Clarice é sempre Clarice! Adoro os textos!

Bjs

Joaquim Heinz disse...

vc tem a alma de clarice lispector! texto singular.

Gigi Montes disse...

vc escreve com a alma. que espetáculo...

Anônimo disse...

q sentimento bonito...

Vivian Castello disse...

amor em cada palavra.

@mulherdetalento disse...

lindas palavras! amei o texto! é maravilhoso quanto temos alguem que nos entende assim ne...e que apesar da distancia se faz sempre proximo. beijos linda, adorei o blog! =*

Jaime M. disse...

Vou repetir: orgulho de poder dizer que foi minha aluna!
Belas palavras e sentimento único em cada uma delas. Com certeza escondem um propósito só seu...

Grande Beijo Robertinha

Fafa Siqueira disse...

sem dúvida uma das crônicas mais lindas que já li. Não canso de ler e reler cada uma q vc escreve. Leitura de primeira qualidade

Gil Atala disse...

achei este texto ,belissimo muito
profundo , bem elaborado,se parece
muito , comigo , com vc ,enfim ,cada
frase escrita; e uma viajem profunda no belo !!! estas entrelinhas da
CLRICE ,amei,amei, amei ,,.....
BjsBjsssssssssssss
Gil !!

@AdRi_Frans disse...

sentimento profundo. parecia q o texto foi escrito pra mimm! lindo demais...

beijos

Mario Francisco disse...

por esse texto, as palavras transbordam no amor escondido em cada entrelinha da autora. Amor puro, desses de verdade demais para serem revelados.

Anônimo disse...

o que vc reflete em cada palavra escrita é fibra de mulher e atitude de quem pensa e nao se permite cair na rotina do mediocre

Mara Farias disse...

Você tem amor pelas palavras,parabéns pelo dom de escrever,adorei o blog,por isso estou seguindo,veja o meu,deixe o seu comentário,e se gostar siga,vai me deixar muito feliz!
www.acaradapoesia.blogspot.com

Danusa E. de Morais disse...

Ameio blog....adoro ler Clarice Lispector e fico feliz que essa nova geração esteja escrevendo sobre ela!!!Parabénssss...estou divulgando...bjs

Anônimo disse...

e tudo seria tão mais simples se reduzíssemos ao : eu te amo, não posso ficar sem você. aI ..AI..

@pankbertottih disse...

@pankbertottih 2:10pm via web

@Girly_Stuffs nossa que irado :OO :D

@RelMonteiro disse...

@RelMonteiro 3:27am via Web

AmO* esse post! *.* RT @Girly_Stuffs Pessoas insubstituíveis, momentos inesquecíveis e sentimentos inexplicáveis. http://ow.ly/33zdU

@JoBrosFCbr disse...

@JoBrosFCbr 7:40pm via Web

@Superbonita_ é, é a continuaçao da frase que eu postei hoje de manha *-* é linda

Anônimo disse...

Adorei o texto! Impressionante sua habilidade de descrever sentimentos!! Parabéns!!

Bjinhos...
Silvana (silvana.cim@gmail.com)

Related Posts with Thumbnails