terça-feira, agosto 24

FERNANDO PESSOA: MUDANÇAS E TRAVESSIAS




"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."
 
Fernando Pessoa


Esse pensamento não sai de minha cabeça há um tempo.
Mudanças. Acho que não é bem sobre isso. Enxergo pelo ângulo de que tudo muda o tempo inteiro, querendo ou não. A mudança é involuntária, constante e presente. Algumas pessoas acham que conseguem escapar desse incômodo, se ausentando, mas esquecem ou enganam-se com o óbvio: a presença, é sempre ela. Nosso "bolo" não a afeta e muito menos inibe. Ela continua...do verbo indicativo continuar, significando prosseguimento, que lembra caminhada, que impõe uma ação, ou seja, um movimento que, por sua vez, desemboca-se nela, a tão temida e inultimente ignorada, mudança. Ignorar o fato não faz com que ele deixe de existir. Sabemos, mas não compreendemos, e, se compreendemos, acabamos no final, descobrindo que não sabíamos o que pensávamos saber. É tudo meio louco mesmo. Minha cabeça então, nem se fala. Cheguei a conclusão de que tudo na vida, tem por consequência e fato gerador, a mudança. O início, pela transição do que o antecede, advém dessa palavrinha em destaque. A própria vida, em seu príncipio, meio e fim, sendo este último, com enfoque biológico, é determinado, iniciado, continuado e prosseguido pela mudança. Seria ela a origem, o natural do natural, ou simplesmente o inevitável? Tal como a morte, independente de seus atributos costumeiros e inatos à própria vida, não conseguimos deixar de nos apegarmos às constantes, que de constantes não têm nada, pois enxergamos pelo viés inverso, sem ver o que está na cara, que a constância encontra-se na incontância de tudo. A ação, o movimento e até o próprio pensamento convergem-se nesse inevitável paradoxo.

Daí, surge mais uma "pegadinha". Se o rompimento com o "usado", com nossos hábitos e caminhos não se trata de aceitar a mudança pelo movimento do corpo, pela travessia do tempo e a própria mudança da vida e de nós mesmos, o que deve nos intrigar e instigar nossa mente para o "pulo do gato", é a tão presente, conformidade. Sim! Porque é a conformidade que nos torna medíocres e marginários de nós mesmos. É o costume pelo costume, o hábito pelo hábito, o "céu porque é azul".

Sendo a mudança uma constante forjadamente ignorada, pior que ignorá-la é conformar-se com a mediocridade, com o que É e não muda. Coitada da Mudança! Tantos a ignoram e outros tantos a ridicularizam, incorporando seus efeitos na marginalidade da aceitação do dia a dia, desse ciclo vicioso, "seguro" e previsível...bem asfastado da toca do coelho.

Desassossegadas e inquietas são as mentes que fazem a travessia, que vivem e compreendem a verdadeira mudança. Essa travessia não garante o afamado passaporte para felicidade, mas tão somente o encontro, chegada ou permanência no maior Estado de todos: o da CONSCIÊNCIA.

Acho que o Pessoa, já ultrapassado a margem, ao encontro de Fernando, parou, olhou para o novo chão que pisava, refletiu por um breve instante e, com o mérito de desbravador, continuou sua caminhada até a próxima travessia.


"Conformar-se é submeter-se e vencer é conformar-se, ser vencido. Por isso toda a vitória é uma grosseria. Os vencedores perdem sempre todas as qualidades de desalento com o presente que os levaram à luta que lhes deu a vitória. Ficam satisfeitos, e satisfeito só pode estar aquele que se conforma, que não tem a mentalidade do vencedor. Vence só quem nunca consegue."
Fernando Pessoa


Conheça alguns de seus trabalhos:

"Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver
Apesar de todos os desafios,
Incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
E se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si,
Mas ser capaz de encontrar um oásis
No recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma crítica
Mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou
Construir um castelo ..."


"O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de *dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pr'a saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar.."
"Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca! 
Se o achar, segure-o!"
Não deixe que a saudade sufoque,
que a rotina acomode,
que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e
acredite em você.

Gaste mais horas realizando que sonhando,
fazendo que planejando,
vivendo que esperando
Porque, embora quem quase morre esteja vivo,
quem quase vive já morreu.


"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".

"Enquanto não encerramos um capítulo, não podemos partir para o próximo. Por isso é tão importante deixar certas coisas irem embora, soltar, desprender-se. As pessoas precisam entender que ninguém está jogando com cartas marcadas, às vezes ganhamos e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é."


"Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência, não pensar..."

"Deixei atrás os erros do que fui,
Deixei atrás os erros do que quis
E que não pude haver porque a hora flui
E ninguém é exato nem feliz.

Tudo isso como o lixo da viagem
Deixei nas circunstâncias do caminho,
No episódio que fui e na paragem,
No desvio que foi cada vizinho.

Deixei tudo isso, como quem se tapa
Por viajar com uma capa sua,
E a certa altura se desfaz da capa
E atira com a capa para a rua."


"Quero para mim o espírito desta frase,
transformada a forma para a casar com o que eu sou:
Viver não é necessário; o que é necessário é criar."

"Se eu te pudesse dizer
Aquilo que nunca te direi,
Tu terias que entender
Aquilo que nem eu sei
"

 

19 comentários:

Anônimo disse...

to adorando seguir seu blog. Surpreendente e cheio de posts interessantes, práticos e inteligentes!
É muita cuca no lance!!!!!! =)
beijoss

Mario disse...

comentário e crítica extremamente interessantes. Ferramenta de conteúdo.

Mario

Claudia disse...

Oi Roberta. Estou encantada com seu bolg. Inteligente e com dicas muito interessantes.
Parabéns. Bjo

.:.Girly Stuffs.com.:. disse...

Obrigada pelos elogios!!! De verdade!
Beijos a todos!!! =)

Elizabeth disse...

oi roberta.Estou adorando o seu blog, muito inteligente e com grandes dicas e muito bom gosto sucesso.

@nani_foreverlo disse...

vc escreve muito bem! Achei lindos os poemas do fernando pessoa. se eu tiver como, vou no museu conhecer mais! ;)
um beijaum!

eloah rodriguez disse...

vc eh jornalista? excelente qualidade de texto.

Anônimo disse...

Caí no seu blog por engano e acabei me amarrando. to te seguindoo pelo feed

@Michelle_FF disse...

Parabéns pelo sucesso! @Gabi_twittess te indicou e vim conferir! Tô impressioanda. Vou indicar a todos tb

lusendra disse...

Ro! To amando seu blog! Te seguindo feliz! Heheheh
Um monte de beijos da mana emprestada e nova fazoca
Lu

Anônimo disse...

leitura sensacional. meus parabéns.

@Pah_trick disse...

Não me resta a escrever nenhuma palavra que não seja parabéns.

Manoella disse...

Amo muito!

Beijos

Manoella www.in-vestindo.com

Diogo Guerrt disse...

Rô,
Fico cada vez mais surpreso com seu brilhantismo e competência.
Parabéns não basta...

Rafaela Carvalho disse...

Post excelente que compensou minha madrugada! O blog é incrível, mto além do q podemos imaginar mesmo...
Parabéns!!!

@Rubiors disse...

@Rubiors Oct 22, 7:41pm via Web
Adorei o POST. Irei vestido de astros, com o sol por chapéu de coco no grande carnaval do espaço ente Deus e a vida. F. Pessoa

@dri_driana disse...

@dri_driana 1:38am via Web

seguindo.. AMEI O BLOG.. abraços da DRI =D

@luanarodrigues_ disse...

Nossa! Muito bom o seu blog! Adorei os seus posts.

@jornalisi disse...

@jornalisi 8:26am via Web

Valeu pela dica, @_Vale_a_pena!

Related Posts with Thumbnails